domingo, 3 de fevereiro de 2013

Início » A arte em madeira


Publicado em: 26/01/2013
A arte em madeira
O talhamento que ajuda o meio ambiente
As mãos habilidosas trabalham na divulgação da quarta cidade mais antiga do Brasil, São Cristovão (SE). São as mãos do artesão baiano Nivaldo Oliveira, que cria imagens talhando em madeira.
Ele chegou a São Cristovão por causa da riqueza sacra que está presente em cada canto da cidade. “Fui restaurar uma igreja e fiquei, porque em São Cristovão há muito a se fazer. A arte sacra é muito rica”, conta.
Depois de algumas restaurações, ele voltou ao trabalho de fabricação de imagens em madeira de lei. Mas com a vontade de ajudar o meio ambiente de alguma forma, ele voltou seu olhar para o MDF, que era descartado pelas marcenarias da cidade. Nivaldo começou a fazer um trabalho minuciosos, talhando a praça São Francisco em peças de tamanho 25x13 cm. Após o talhamento, ele pinta as peças com tinta especial, para que tenha durabilidade.
A praça São Francisco está localizada no centro histórico de São Cristovão. Foi construída entre os séculos XVI e XVII e hoje é Patrimônio Cultural da Humanidade. Título recebido em 1º de agosto de 2010 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).
O artesão participa pelo segundo ano consecutivo da Feira de Sergipe. Em 2011, ele conseguiu comercializar 120 peças. Esse ano, em 12 dias de evento, sua arte foi vendida para pessoas de diversos estados brasileiros, inclusive franceses, italianos e americanos. “Minha participação na Feira é ímpar, pois além da venda, faço contato com muitas pessoas. Esse ano até um empresário me procurou com interesse em comercializar minhas peças em sua loja”.
Na Feira de Sergipe Nivaldo pode ser encontrado no estande de São Cristovão. Ele aceita encomendas pelo telefone (79) 8824-2819. E-mail: nico_rin@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário